domingo, 29 de abril de 2012

3º Raid Atlético Vale de Barris - 30 kms

Os EntroncamentoRunners no início desta época tinham prometido que este ano não faltariam aos 30 kms de Vale de Barris, uma prova organizada pela Associação Lebres do Sado e que tem como cenário a serra da Arrábida.
No passado dia 22 de Abril, partimos bem cedo acompanhados por amigos em direcção a Palmela, à chegada cedo começámos a ver caras conhecidas destas andanças.
Esta prova tem uma particularidade é feita em autonomia total ou seja não existem abastecimentos, pelo que temos de transportar tudo o que achamos conveniente, quer em bebida como em comida.
A prova correu-me bastante bem, após uma saída bastante rápida com os primeiros 10 km a serem corridos em ritmo de estrada lá começaram os trilhos mais técnicos, e que trilhos. Fiz grande parte da prova na companhia do Herculano Araújo e do Jorge Mimoso, é um prazer correr na companhia destes grandes campeões, pessoal com muita experiência e boa disposição.
Por volta dos 20 kms a parte mais dura da prova, uma subida longa que no final terminava numa pedreira abandonada.
Gostei bastante da subida ao ponto mais alto da serra, com um trilho em Zig Zag
 e da descida seguinte com uma paisagem de cortar a respiração, que foi feita a uma velocidade do "camandro". Fiz a prova toda sem sentir grandes quebras terminando em 25º lugar (130 atletas chegados) com 3h07:05.
A Otília fez a prova sempre acompanhada de boa gente, velhos amigos destas andanças
terminou em 82º lugar (130 atletas chegados) com 3h56:13, conseguindo alcançar o 5º lugar em veteranas femininas.
No final um almoço convívio para recuperar as energias perdidas.
Esta é uma das provas que temos de repetir.

1 comentário:

Mário Lima disse...

Brito e Otília

Boa prova de ambos e tive o grato prazer de ter a companhia da Otília durante alguns km de prova. Depois fiquei a olhar para o dia de ontem e a Otília foi-se!

:)

Ficaram as imagens que nos dão a real beleza de pelo menos parte do percurso e foi pena, quando bati o click na foto onde a Otília está a olhar (na serra), não a ter 'apanhado' com os braços no ar deslumbrada com a vista que dali se desfrutava.

Obrigado pela companhia e pelo convívio. É sempre bom ver-vos!