quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Cross Laminha 2011

No passado Domingo desloquei-me na companhia da Otília até à Cumeira - Juncal, concelho de Porto de Mós, para participar na 8ª Edição do Cross Laminha.
Da comitiva do CLAC faziam parte 29 atletas, o clube com maior representação na prova principal.
O Cross da Laminha é uma prova curta de trail, na distância de 11.400 metros, com um percurso desenhado numa zona de floresta semi-cultivada, no sopé da serra. O circuito desenrola-se numa área onde a vegetação é essencialmente de carrasco e matos rasteiros mas os sobreiros, carvalhos, oliveiras e vinhas também fazem parte do trajecto.
O percurso, desenhado pelo mentor da prova Victor "Laminha" Ferreira, é de típico trail, e é na sua maioria constituído por carreiros, onde o piso irregular e escorregadio com passagens por rocha (com mini escalada), mato, barro e lama que dificultam a progressão dos atletas, neste circuito abundam os obstáculos naturais e os muitos desníveis súbitos, tornam o percurso muito técnico e difícil.

Quanto à minha prova, correr dentro do esperado.
Parti no meio do pelotão com um aquecimento muito fraco (quem quer andar na "palheta" falha nestes grandes pormenores), parte inicial tentando uma boa colocação e depois da descida uma queda na viragem à direita no início da primeira subida.
(Aqui ainda todo contente, momentos antes de "malhar" com o cabedal no chão"
Rapidamente me levantei e toca a dar à perna, ainda dentro da parte de estradão consegui colocar-me junto ao Aníbal Godinho e tomei a decisão de fazer a prova com ele (se conseguisse...)

Um pouco mais à frente entrada na parte técnica. Esta prova de trail é diferente das outras onde tenho participado, pois o circuito é muito técnico, com viragens à direita e esquerda o que quebra bastante o ritmo, para não falar dos momentos em que temos que aguardar nas filas para transpor algum obstáculo mais técnicos. Perto dos 6kms já as pernas notavam a falta de treino neste tipo de terreno, mesmo assim continuava na cola do Anibal e assim fui até aos 11kms, depois a terrível subida final que me fez andar alguns metros e foi aí que o Anibal se foi embora....
Terminei dentro dos 50 primeiros (ainda não foi publicada a classificação...!!!) com o tempo de 1h02'09.

Até ao momento não foram publicada as classificações oficiais, sendo as mesmas oportunamente divulgadas em http://crosslaminha.blogspot.com/

6 comentários:

Carlos Lopes disse...

Parabens Brito

António Almeida disse...

Muito bom o desempenho, gostei da foto em que fazes a festa.
Até sábado.
Abraço.

JOSÉ NARCISO disse...

Parabéns Brito!!!
Excelente prestação na Laminha!!!
Continuação de bons treinos.
Cumprimentos
José Narciso

Paula Pinto disse...

Tenho ouvido falar muito dessa prova.

Parabéns pela participação (extensivos a toda a equipa do CLAC)

Mário Lima disse...

Brito

Nesta tua prosa, fizeste-me lembrar uma cena numa competição automobilistica. O primeiro, antes de cortar a meta já ia a acenar para todos e de repente, a pouco mais de meia-duzia de metros do fim, o carro guina e espeta-se contra um muro. Ele ainda tentou empurrar o carro mas não dava.

Estás tu a levantar os braços e pouco depois, zás malhanço no chão.

:)

Pelo que contas foi uma prova em zigue-zague, escorregadio e com lama, não fosse ela organizada pelos "laminhas". Se o foi é porque tinha que haver lama pois está claro.

:)

Se foi bom é de continuar, pois com aquilo que vou lendo sobre Almourol, bem necessito de muito treino com lama e sem ela.

:)

Abraços

V. Ferreira disse...

Parabéns amigos pela participação.
Percebem porque há limite de participantes? Por causa das filas!
Obrigado pela presença.
Um abraço e bons treinos