terça-feira, 22 de junho de 2010

1º Trail Louco da Reixida

20 de Junho de 2010, foi o dia do 1º Trail Louco da Reixida.

Foi um dia muito bem passado, do CLAC-Entrocamento só fomos 4 atletas (Brito, Otília, Joana e Maria José), pois havia o GP Museu Ferroviário aqui em casa, mas não fomos sozinhos, tivemos a companhia do amigo Anibal Godinho.


Nunca tinha ouvido falar da Reixida, nem sabia onde era a nascente do rio Lis, agora graças ao Trail Louco da Reixida já conheço, é uma localidade de gentes simpáticas que deram todo o apoio para que a prova fosse um sucesso.

Foi um dia onde estivemos com muitos amigos de várias partes de Portugal, que gostam de correr e de estar em contacto com a natureza.


Sobre a prova posso dizer que gostei, embora a parte do rio logo a iniciar seja um pouco forte.... final isso sim soube a ginjas.

O trilho de escalada no início foi 5 estrelas, gostei bastante,



de alto nível também foi a subida às antenas (fez-me lembrar a subida da garra na Freita, mas em miniatura),


depois mais à frente antes da Srª do Monte a vista era espetacular, o trilho por entre a vegetação rasteira e o vento fresco no topo da serra fizeram-me sentir contente por estar a correr estes trilhos.

Após o abastecimento na Srª do Monte, mais um trilho desta vez a descer e bom descer com bastante vegetação (muito bom), depois um pouco de estradão para recuperar e já perto do fim mais um trilho, este um pouco mais plano, com algumas árvores caídas (o que esta malta faz só para dificultar...)


A meta já estava próxima, só faltava mesmo a segunda passagem pelo rio, a água fresquinha sobe mesmo bem.








No final eu consegui fazer os 16 km em 1h45,39 alcançando o 45º lugar da geral e a Otília em terminou 57º da geral em 2h26,27, sendo a 4ª veterana feminina.

Depois da corrida foi servido um excelente almoço no salão da igreja, foi uma feijoada acompanhada pelo tinto da região.



Já com o estômago aconchegado foi altura de entregar os prémios.

(Otília recebendo o 4º lugar em veteranas)


Agora toca a descançar que a Ultra Trail Serra da Freita é já no próximo fim de semana

6 comentários:

joaquim adelino disse...

É sempre um enorme prazer quando me cruzo com vocês, desta vez nem deu sequer para seguir a Otília, ela já só pensa na Freita, é como eu mas num plano mais lento. Agora o Brito é que está com a força toda e de certeza que a Freita irá ter mais um adversário à sua altura.
Abraços e até à Freeeeeeitaaaaaaaa.

Vitor Veloso disse...

Olá Amigos,
parabéns aos dois por mais um etapa cumprida.
Boa sorte para Sr.ª Freita.
Abraço e bj
Vitor

V. Ferreira disse...

Amigos,
deu para perceber que se a prova fosse só rio e almoço, ficavam satisfeitos na mesma.
Obrigado pela vossa participação.
Enriqueceram a prova com a vossa presença.
Até sábado na Freita
Objectivo: Finisher
Abraço

Team Santos disse...

Olá amigos,
voçês estão em hiperforma, a Freita que se cuide, espero que corra tudo pelo melhor no proximo fim de semana e usem bem a cabeça ao longo do percurso pois ela se estiver bem, o corpo tambêm está.
Boa sorte e não se aleijem que é o principal e para o ano vai ser esse o meu desafio, pois a Geira já lá vai.

Um abraço
Jorge

António Almeida disse...

Parabéns (mais uma vez) ao meu casal sensação do trail nacional.
Que tudo corra pelo melhor na Freita.
Abraço.

Mário Lima disse...

Olá Brito e Otília

Quando li este teu tema e cheguei a este ponto...

o que esta malta faz só para dificultar...

... não deixei de sorrir, lembrando-me de que eles não são os únicos a assim proceder. Lembrei-me de uma famosa prova que enquanto tiver a foto no template será sempre aquela que mais me fez "sofrer", talvez porque S. Pedro assim o quis ou um "S." Brito assim o desejou.

:)))

Mais uma prova a começar a dar os seus primeiros passos e pelo vosso contar é linda de morrer, excepto aquele entrar no rio logo à nascença da prova.

Mas se não fosse assim não teria lógica ser o 1º Trail Louco, se é louco é de tudo esperar. Vá lá, não foi feito por tropas senão até nas pocilgas teriam que rastejar.

:)

Para ti e Otília, os desejos de uma boa prova na Freita. Lá estará o Moutinho, já sem a farda de centurião, a dar o tiro de partida.

Que tudo vos corra bem.

Abraços duplos